"Hamlet", editora UBU
Fiz a revisão técnica dessa tradução novinha, da Bruna Beber:
Mais sobre o livro no site da editora, aqui.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
vitralizado
"Foi uma grande descoberta e uma grande alegria e uma grande libertação fazer esse livro. Várias coisas grandes. O que permitiu que o livro fosse pequenininho, para ele ter só o que precisava ter, e todas as rebarbas de emoção puderam permanecer conosco."​​​​​​​
A entrevista está aqui.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
o quadro e o risco
"No quadrinho brasileiro, parcerias de fôlego entre roteirista e artista não são a regra. No entanto, surgiu recentemente uma colaboração única, com capacidade de criar, por bastante tempo, obras instigantes e fora do comum."
A entrevista está aqui.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Entrevista para Papo Zine sobre "Viagem em volta de uma ervilha", junho/2019

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
"Elógio ao tédio", de Joseph Brodsky, para revista piauí

Traduzi esse ensaio em 2017
"Boa parte do futuro que vocês têm pela frente será tomada pelo tédio. Falo isso hoje, nesta ocasião solene, porque penso que nenhuma faculdade de artes e humanidades prepara as pessoas para essa experiência. Dartmouth não foge à regra. Nem as humanidades nem as ciências oferecem disciplinas sobre o tédio – quando muito, os cursos, entediantes que são, podem nos familiarizar com a sensação. Mas o que é um contato fortuito comparado a um mal-estar incurável? Nem o falatório insuportavelmente chato de um conferencista ou a linguagem empolada e monótona dos livros didáticos chega perto do deserto psicológico que, partindo do quarto de vocês, desdenha do futuro.
O resto está aqui. Mas é fechado para assinantes da revista.
Back to Top